SEMEADORES DA PALAVRA
Você é bem vindo, use o forum para Glória de Deus. Por favor não venda nem comercialize os e-books aqui disponibilizados.
Estamos aqui para servir

SEMEADORES DA PALAVRA

SEMEADORES DA PALAVRA II
 
InícioInício  PortalPortal  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  
AMIGOS

localizar ip
LEMBRETE
Trabalhamos para manter a chama da Palavra de Deus acesa

Fiquem atentos as novas regras.

Ficar ausente do Fórum , por 3 meses,fica sujeito à exclusão automática

ATENÇÃO : VISITE A CAPELA, DEIXE SEU RECADO



DOAÇÃO DE LIVROS: SE JÁ SERVIU PARA VOCÊ ABENÇOE OUTROS IRMÃOS DOE LIVROS PARA DIGITALIZAÇÃO

livros photo livro_tx_001_zps6cbef04d.gif

Quem está conectado
27 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 27 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 169 em Qua Ago 02, 2017 9:16 am
Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Últimos assuntos

Compartilhe | 
 

 A. W. Tozer (1897-1963)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
karmittadmin
ADMIN.
ADMIN.
avatar

Data de inscrição : 10/04/2012

MensagemAssunto: A. W. Tozer (1897-1963)   Sex Jul 13, 2012 9:35 am

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



“Devemos nos preocupar com o ‘arrependimento’ que é apenas uma mudança de localização. Ao passo que outrora pecávamos na terra longínqua entre os porqueiros, agora somos companheiros de pessoas religiosas, consideravelmente mais limpas e muito mais respeitáveis na aparência, por certo, mas não estamos mais próximos da verdadeira pureza de coração do que antes. O pecado pode mudar de aparência sem mudar de natureza. Um cristianismo sem poder não faz nenhuma diferença fundamental na vida de uma pessoa. A água pode mudar de líquido para vapor, de vapor para neve e de novo para líquido, e continua fundamentalmente sendo a mesma coisa. Assim, o cristianismo sem poder faz no homem diversas mudanças superficiais, porém, deixando-o exatamente igual ao que era antes. É justamente aí que está a armadilha.

As mudanças são apenas de forma, não de natureza. Por trás do homem não religioso e do homem que recebeu o evangelho sem poder estão os mesmos motivos; Um ego não abençoado jaz no fundo de ambas as vidas, com a diferença que o ultimo aprendeu a disfarçar melhor o defeito. Os seus pecados são mais refinados e menos ofensivos do que antes, mas não é melhor aos Olhos de Deus. Na verdade pode ser pior, pois Deus abomina o artificialismo e o fingimento. Ele se torna vítima de um cristianismo sem poder. O homem que recebeu a Palavra sem poder apurou a sua sebe, mas esta continua sendo uma sebe de espinhos e jamais poderá produzir os frutos da nova vida. Os homens não podem colher uvas dos espinheiros nem figo dos abrolhos. Entretanto, tal homem pode ser um líder na igreja, e as suas idéias podem chegar a influenciar sua geração.” (A.W. Tozer, 1951)

Palavras como esta fez de A. W. Tozer um homem mal visto por “cristãos” superficiais e em busca de diversão religiosa. A visão aguçada desse homem lúcido foi dada por Deus em um momento necessário para sua igreja. Suas palavras, nascidas nas incessantes madrugadas solitárias de oração e de um atordoador desapego para com este mundo, atravessaram as fronteiras geográficas e do tempo, alcançaram corações que amam ao Senhor em dezenas de países e o fez assentar na fileira dos grandes profetas que Deus levantou no século XX.

Tozer morreu em 1963. Na sua lápide foi escrito: “A. W. Tozer, Um homem de Deus”. É estranho começar a descrever um homem pelo seu túmulo. Mas esta afirmação que os irmãos colocaram em sua homenagem, representa o sonho que este homem teve em toda sua vida: Ser “apenas” um homem de Deus. O reconhecimento não foi fruto de lábios lisonjeadores, mas da vida divina que exalava de um homem simples, sério e que amava profundamente ao Senhor e a sua Palavra.

Um homem a frente de seu tempo. Enxergou a fase embrionária de boa parte da apostasia que começava a assolar a igreja e suas gravíssimas conseqüências no decorrer dos anos. Certa vez escreveu: “Urge voltarmos ao verdadeiro cristianismo, não apenas no que se refere ao credo mas também a prática real de vida. Separação, obediência, humildade, naturalidade, seriedade, autodomínio, modéstia, longanimidade: tudo isso precisa fazer parte do viver cotidiano normal de quem se diz discípulo de Jesus. Precisamos purificar o templo, tirando os mercenários e os cambiadores, e ficarmos sob a autoridade do Senhor ressurreto. Daí, sim, poderemos orar em plena confiança, e aguardar o verdadeiro reavivamento que certo virá”. No seu enterro alguém disse: “Eu temo que nós nunca vejamos outro Tozer. Homens como ele não são gerados nas faculdades de teologia, mas ensinados pelo Espírito Santo”.

_________________
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://ovelhaonline.blogspot.com.br/
 
A. W. Tozer (1897-1963)
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Ford Mustang - 1963 - prototipo

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
SEMEADORES DA PALAVRA :: LIVROS :: AUTORES-
Ir para: